(21) 3617-0129 | Whatsapp: (21) 9 9186-5992

Obrigatoriedade, finalidade e coberturas, saiba o que muda de um para o outro. Em alguns casos, vale recorrer aos dois para proteger o imóvel e os bens.

Por mais que muitos consumidores ainda contratem apenas o seguro de condomínio, já incluído na cota mensal, o seguro residencial também é importante para proteger o imóvel.

Enquanto o seguro de condomínio é obrigatório para prédios verticais e horizontais (residenciais, comerciais, mistos, flats e apart-hotéis ou shopping centers) e é normalmente colocado nas cotas condominiais, o seguro residencial é opcional e individual.

Cobertura

Outra diferença é em relação à cobertura. Caso ocorra algum dano (sinistro), o seguro de condomínio cobrirá os danos ocorridos nas áreas comuns, já o residencial, danos ocorridos na unidade interna, como bens móveis, por exemplo.

Finalidade

Outra diferença é em relação à finalidade. O primeiro protege as partes comuns contra riscos de incêndio, explosão e raios e nas partes autônomas a cobertura, garante indenização de prejuízos causados à estrutura física: pisos, tubulação hidráulica e elétrica, parede, pintura e acabamento, mas não protege móveis, roupas, eletrodomésticos e objetos dentro do imóvel, já que esta é a função do seguro residencial.

No caso dos condomínios horizontais, em que o morador foi o responsável pela construção do imóvel, o seguro adequado é o residencial. Em casos onde o imóvel foi financiado pelo Sistema Financeiro de Habitação, que conta com o seguro de Danos Físicos do Imóvel, só é necessária a cobertura de conteúdo residencial.

Mas vale ressaltar que a contratação de ambos os serviços não é uma opção a ser descartada, já que um complementa o outro. Os focos de cada modalidade são diferentes, e em caso de sinistro, como um incêndio, ter os dois faz com que o consumidor não tenha que arcar com o prejuízo usando seus próprios recursos.

Além das coberturas sobre sinistros, você tem assistências que auxiliam no dia-a-dia contratando Seguro Residencial:

O valor da apólice para residências pode custar pouco mais R$ 30 por mês. Além da cobertura patrimonial o seguro garante assistências para tubulação entupida, chuveiro queimado, chaveiro, vazamento na torneira, problemas elétricos, vidraceiro, serviço de vigia, fixação de prateleiras, troca de lâmpadas e instalação de pias, entre outros serviços.

Dependendo do tipo de plano escolhido, os serviços de assistência ainda contemplam a limpeza de calhas, dedetização, conversão do fogão, limpeza da caixa d’agua e até mesmo locação de caçambas, entre muitos outros.

Tem alguma dúvida? Faça uma cotação com a Oceano e veja como é fácil, rápido e super vantajoso ter um seguro residencial:

× Converse no Whatsapp